Ibérico e Nordestino. Os gostos da terra

Uma cozinha armorial   A potência cultural do Nordeste possibilita um amplo movimento estético que valoriza as memórias ancestrais, os repertórios da arte de expressão popular; os saberes tradicionais dos ofícios de poeta, de cordelista, de xilógrafo; de cantadores de…

Antônio, um santo do mundo português

Santo Antônio, São João e São Pedro, fazem a base do calendário junino, recebendo festas em todas as regiões, ganhando assim fortes características locais, traduzindo pela palavra, pelo canto, pela dança, pela comida, pela fé religiosa os contatos mais diretos…

O conceito patrimonial do Museu da Gastronomia Baiana

A primeira e fundamental pergunta está no olhar e na ideologia do Museu perante os testemunhos materiais e imateriais do homem. Os diferentes processos históricos, econômicos, sociais, tecnológicas, éticos e morais falam e relacionam-se com a instituição Museu, ampliando-se dessa…

Utensílios, Cozinhas & Mesas

Tão importante quanto a escolha dos ingredientes, dos temperos e do conhecimento das receitas é o conjunto de utensílios usados para transformar os alimentos e servi-los. Pilões de madeira de diferentes tipos, almofariz de metal; peneiras de fibras naturais, em…

Do asaro nigeriano ao peté afro-baiano

Ingredientes, receitas, e comidas em âmbito cultural, social e litúrgico, identificam as matrizes africanas, trazem memórias ancestrais, sabedoria e identidades de povos e de civilizações. Destaque para as tradições do golfo do Benin, também conhecido como Costa, “costa dos escravos”,…

Agbê-ewê, alapá, alapatá – As comidas africanas

Agbê-ewê, alapá, alapatá – As comidas africanas apresentadas pela ialorixá Eugenia Ana dos Santos no II Congresso Afro-brasileiro. As comidas e os sistemas alimentares de matriz africana foram destaque no II Congresso Afro-brasileiro na Bahia, em 1937. Foram discutidos entendimentos…

Mastigando com Mário de Andrade

Este texto é uma interpretação do artigo “Tacacá com tucupi” de Mário de Andrade, de 28 de maio de 1939, do jornal O Estado de São Paulo. Este texto também é uma celebração do pensamento modernista, que em 2022 comemora…

Um século pensando a cozinha baiana

“Advertência Preliminar” é um artigo de Manuel Querino (1922) sobre a cozinha baiana, que celebra um século em 2022, sendo a base para o seu livro A arte Culinária da Bahia. Este livro teve a sua 1ª edição em 1928,…

Voltar ao topo