Sabores ibéricos em Casa-Grande & Senzala

Gilberto valoriza uma ancestralidade de sabores decorrentes da península ibérica, e assim louva Portugal com todos os sabores reunidos de um povo globalizado pelas grandes navegações. Tudo está em um Portugal ibérico com territórios africanizados pelo Magreb afro islâmicos. Do…

Comida de matriz africana em Casa-Grande & Senzala

Na busca de uma “unidade” na formação colonial marcada pela cana sacarina no Nordeste, Gilberto recorre às bases étnicas, mantendo o pensamento dominante à época ( anos1930) sobre a trilogia: europeu, africano e indígena. Gilberto em Casa-Grande & Senzala expõe…

Bacalhau um símbolo da heráldica do Carnaval

Sem dúvida, são muitos os símbolos, e desejos, marcados por diversas representações concretas que formam um amplo, rico, e importante acervo visual de imagens e de cores; além das interpretações nas organizações desses ‘objetos ou coisas’ no tempo do Carnaval….

Chipa e Pão de queijo: os sabores da mandioca

Sem dúvida, da mandioca, e dos seus inúmeros produtos, nasce uma grande variedade de comidas, e que fazem parte da organização de diferentes sistemas alimentares que estão fundamentados nesta raiz, plural e diversa, que identifica hábitos alimentares no Brasil, e…

Café e chá: uma autoetnografia

Muitas relações sociais e simbólicas acontecem ao redor das xícaras, que podem conter diferentes bebidas. A partir daí, muitos rituais de sociabilidades irão ocorrer para marcar laços que se abastecem à mesa. As bebidas promovem encontros que são argumentos para…

Tartufo, trufa, trufar

As trufas são os corpos frutíferos de certas espécies do gênero Tuber, e são poucas as que têm valor comercial. A trufa é uma massa densa e nodosa. Também, as trufas diferem dos cogumelos porque estão escondidas debaixo da terra;…

Eparrei Bárbara! Fé e festas de comer

Fé e festa A fé é festa. Festa na rua, na praça, no adro, no largo. Lá vai seguindo a procissão. Andores de santos, andores de devoções partilhadas com os orixás, com o ser baiano de crer e de expressar…

Um olhar para além do objeto

40 ANOS DO PROJETO “ESTUDOS DE COLEÇÕES AFRICANAS E AFRO-BRASILEIRAS” (1982-2022) Mais de 5.000 objetos estudados, e classificados com os critérios da museologia e da antropologia; além de exposições de longa duração e de curta duração para socializar os acervos,…

Voltar ao topo